Qual a diferença entre geleia e compota?

Geleia e compota, será que você sabe diferenciar essas delícias? O fato é que nem todo mundo sabe, pois existem alimentos, realmente, muito parecidos, o que acaba fazendo Quer saber qual é a diferença entre compota e geleia, então, continue lendo esse artigo!

Feitas a base de frutas e frutos, talvez até essa seja a grande confusão entre essas duas iguarias, o fato é que ambas preparações acompanham muito bem diversas refeições, seja o café da manhã, um brunch antes do almoço, sobremesas ou lanchinhos da tarde e da noite, dando um toque a mais em nossos biscoitinhos, pães ou torradinhas.

Muito mais do que apenas iguarias saborosas, as geleias e compotas são sempre opções saudáveis de lanches, já que preservam os nutrientes integrais das frutas ou frutos com os quais foram preparados.

Mas, basicamente, para diferenciar essas iguarias, é preciso levar em conta a forma de preparo, a quantidade de açúcar e a consistência do produto:

Quem acompanha o Clube da Geleia já sabe que para preparar das geleias, os frutos são cozidos com líquido, geralmente, em sumo do fruto ou em água, e alguns ainda incluem cascas, enquanto as compotas são feitas com a polpa dos frutos (ou vegetais) em pedaços mais a adição de açúcar.

Geleia e Compota: quais são as diferenças?

Geleia

Embora existam várias receitas e formas de preparar geleias, basicamente, a geleia prepara-se com a polpa das frutas cozidas em calda e, portanto, contém maior quantidade de açúcar do que as compotas. A textura também é diferente, já que a da geleia é mais gelatinosa, justamente, pelo fato de conter água na mistura.

Embora por serem feitas a base de frutas sejam, portanto, iguarias saudáveis, as geleias orgânicas e caseiras são as mais indicadas para consumo, pois garantem a ausência de conservantes e agrotóxicos na alimentação, assim como, as diets, ou feitas sem adição de açúcar, sejam as recomendadas para pessoas diabéticas, que precisam ter atenção ao consumo do açúcar.

Dentre as geleias mais populares podemos destacar, as geleias de morango, framboesa, laranja, damasco e uva.

São ótimas para acompanhar torradas, pães e biscoitos no café da manhã ou lanche da tarde, ou como recheio ou cobertura de tortas, doces, bolos e sorvetes, ou ainda, para darem um toque agridoce a alguns pratos salgados.

Quer fazer sua própria geleia? Nem é preciso dizer que aqui no Clube da Geleia você tem acesso ás mais diferentes opções de sabores e preparos de geleias, basta passear pelas páginas e escolher o sabor que preferir!

Confira aqui uma saborosa e fácil receita de geleia de morango!

Compota

Já, a compota é feita a partir de frutas inteiras, cortadas em pedaços ou trituradas, cozidas com açúcar, para alcançar uma consistência parecida com a de purê, podendo, ou não, conter pedaços de frutas, dependendo do gosto de quem prepara, porém, sua consistência é mais líquida ou semilíquida.

E, justamente, por causa da consistência, a compota, geralmente, é confundida com geleia, porém, ela possui adição de açúcar e, por isso mesmo, são ótimas opções para aumentar a durabilidade dos frutos, já que o açúcar age como uma espécie de conservante.

Mas, as compotas também podem ser feitas com legumes, como a cenoura e o tomate, por exemplo.

As compotas costumam ser preparadas com maçãs, abóbora, abóbora com côco, ameixa, mamão, laranja, cenoura e tomate, entre outros legumes e frutas. E ficam uma delícia como sobremesa numa fatia de queijo ou em torradas, ou servidas como um purê, acompanhando fatias de queijo.

Só é preciso prestar atenção em um detalhe, geralmente, as receitas de compota levam bastante açúcar, por isso, é preciso consumir com moderação, tá?

Receita de Compota de abóbora

Hummm… a compota de abóbora é uma delícia, e fica ótima como sobremesa, no café da manhã, lanche, etc.

Seu preparo é muito simples, só é preciso abóbora e açúcar, e algum aromatizante (natural), como a casca da laranja ou baunilha, para dar um toque único à calda, e, depois é só guardá-la em potes de vidro, que poderá durar muito tempo.

Confira abaixo como preparar sua própria compota de abóbora e, quem sabe até, faturar uma graninha extra vendendo essa gostosura!

Ingredientes:

  • Abóbora
  • 750 g de açúcar para cada quilo de abóbora
  • Casca de laranja
  • Baunilha (opcional) ou cravo da índia

Como preparar:

O primeiro passo para preparar essa compota consiste em retirar as sementes, descascar e cortar a abóbora em pequenos pedaços, para cozinhar mais rápido.

Em uma panela grande e grossa, adicione o açúcar, para cada quilo de abóbora, junte a casca de laranja e a baunilha, ou os aromatizantes que preferir, como cravo da índia, que combina muito com compota de abóbora.

Ligue o fogo em temperatura média, cubra a abóbora com água e deixe cozinhar por cerca de, aproximadamente duas horas, mexendo sempre e verificando se a abóbora está macia.

Quem quiser, pode optar por passar a abóbora pelo liquidificador para conseguir uma textura de purê, ou deixar pedaços maiores, vai do gosto pessoal de cada um.

Quando esfriar, coloque em potes ou recipientes de vidro, previamente esterilizados, para embalar a vácuo a compota de abóbora e mantê-la em perfeitas condições, e até poder vendê-la.

Quer assistir um vídeo mostrando o passo a passo de como preparar uma deliciosa compota de abóbora? Então, aperte o play abaixo e… bom apetite!

 

Recomendações de consumo

Pronto, agora já sabe a diferença entre geleia e compota. No final das contas, embora sejam preparadas de formas diferentes, ambas são igualmente deliciosas, não é mesmo?

No mais, é preciso considerar que tanto na versão orgânica, diet, caseira ou tradicional, seja geleia, ou compota, essas iguarias possuem altos níveis de açúcar, principalmente a frutose, o que exige muita atenção ao seu consumo, que deve ser sem exageros.

Ou seja, tanto a geleia como a compota são alimentos saudáveis, sim, pois são feitas à base de frutas ou frutos, porém, muitas receitas utilizam muito açúcar em seu preparo, o que pode levar ao ganho de alguns quilinhos a mais.

Por isso, seu consumo deve ser moderado em qualquer uma das escolhas.

E mais, se não quiser preparar sua própria geleia, ou compota, se preferir comprá-las prontas, ao menos, escolha o produto que seja mais natural possível, sem adições de açúcares ou conservantes, prefira os orgânicos. No caso de pessoas diabéticas, a dica é optar pela opção diet, mas sem abusar da quantidade.

Você ama Geleia?

Receba os melhores conteúdos sobre geleia diretamente em seu e-mail.

Você ama Geleia?

Receba os melhores conteúdos sobre geleia diretamente em seu e-mail.

Últimos Posts