Receitas de Geleia de Pitanga

Receitas de Geleia de Pitanga

A pitanga é uma fruta que tem o formato de uma bolinha. Ela pode ter as seguintes cores: vermelha (que é a cor mais comum), amarela, laranja e preta. Em um mesmo pé de pitangueira, é possível encontrar frutos de várias cores, como a pitanga ainda verde, vermelho-intenso, alaranjado e amarelo.

A pitanga é rica em muitas vitaminas e minerais importantes para o nosso organismo. E é por isso que ela deve estar presente na dieta de quem busca uma alimentação mais saudável.

Para aproveitar os benefícios que a pitanga oferece, podemos consumi-la de diversas formas, como no preparo de sucos, mousse, salada de frutas, licores, geleia e muito mais.

Para te inspirar, listamos abaixo as melhores receitas de geleia caseira de pitanga para você aproveitar muito essa fruta tão saborosa e nutritiva. Confira!

Receita 1: Geleia caseira de pitanga simples

Ingredientes:

  • 300 gramas de pitangas maduras
  • 1 copo de água
  • 300 gramas de açúcar
  • Potes de vidro para armazenar

Modo de preparo:

  • Lave bem as pitangas e retire todos os cabinhos.
  • Passe as pitangas em uma peneira fina para retirar toda a polpa, e separar as sementes.
  • Em uma panela de fundo e paredes grossas, coloque a polpa das pitangas e o açúcar, e misture bem, em fogo baixo.
  • Se precisar, você pode adicionar um pouco de água para não grudar no fundo da panela.
  • Continue misturando, até começar a ficar mais encorpado.
  • O conteúdo deve reduzir pela metade, aproximadamente.
  • Depois de reduzir e ficar na consistência de geleia, desligue o fodo e armazene, ainda quente, em potes de vidro.

Receita 2: Geleia de pitanga chacraharley

Ingredientes:

  • 200 gramas de polpa de pitanga
  • 1 xícara de chá de água
  • 2 xícaras de açúcar cristã já batida no liquidificador
  • 100 ml de suco de maçã
  • 1 pitada de sal rosa
  • 44 gramas de pectina caseira

Modo de preparo:

  • Coloque a polpa de pitanga, o açúcar, o suco de maçã, o sal e a água em uma panela funda, e ligue o fogo brando.
  • Deixe cozinhar e continue mexendo sempre.
  • Após uns 8 minutos de cozimento, adicione a pectina e aguarde até reduzir de volume, e ficar na consistência de geleia.
  • Armazene em potes de vidro com tampa.

Receita 3: Geleia de pitanga com baunilha

Ingredientes:

  • 4 xicaras de pitanga maduras
  • 1 fava de baunilha
  • 1 e ½ xícara de açúcar demerara

Modo de preparo:

  • Coloque as pitangas e o açúcar em uma panela de paredes grossas e deixe cozinhar, até perceber que as sementes começaram a se soltar. Use uma colher de pau para apertar bem as frutas, para retirar toda a sua polpa.
  • Retire do fogo e passe em uma peneira ou escorredor de macarrão, para separar a polpa das sementes.
  • Leve ao fogo novamente. Adicione a fava de baunilha aberta e já raspada com a ponta da faca.
  • Deixe cozinhar por cerca de 30 minutos, mexendo de vez em quando, para não queimar no fundo da panela.
  • Quando a mistura encorpar e ficar na consistência de geleia, desligue o fogo e armazene em potes de vidro com tampa.

Receita 4: Geleia de pitanga com limão e casca de maçã

Ingredientes:

  • 300 gramas de polpa de pitanga
  • Suco de 1 limão
  • Casca de maçã a gosto
  • 300 gramas (ou 2 xícaras) de açúcar cristal

Modo de preparo:

  • Coloque todos os ingredientes em uma panela funda e leve ao fogo baixo.
  • Deixe cozinhar por cerca de 15 minutos ou até ficar na consistência de geleia.
  • Transfira para potes de vidro com tampa.

Receita 5: Geleia de pitanga com adoçante

Ingredientes:

  • 2 kg de pitangas maduras
  • 1 xícara de chá de adoçante culinário
  • Folhas de manjericão a gosto para perfumar a geleia
  • ½ xícara de água

Modo de preparo:

  • Lave as pitangas e retire os cabinhos.
  • Ferva em ½ xícara de água por cerca de 10 minutos
  • Passe em uma peneira para retirar toda a polpa e separar as sementes.
  • Coloque a polpa de pitanga e o adoçante em uma panela. Ligue o fogo baixo.
  • Deixe fervendo por cerca de 20 minutos, ou até ficar na consistência de geleia.
  • Guarde, ainda quente, em potes de vidro com tampa e esterilizados.

Receita 6: Geleia de pitanga com acerola

Ingredientes:

  • 1 kg de frutas (acerola misturada com pitanga)
  • Suco e raspas de 1 limão
  • 300 gramas de açúcar refinado granulado

Modo de preparo:

  • Lave bem as frutas e retire todos os cabinhos.
  • Coloque as frutas em uma tigela, acrescente o açúcar e misture bem.
  • Deixe essa mistura descansando por cerca de 1 a 2 horas. Nesse tempo, as frutas irão soltar o suco.
  • Coloque a mistura em uma panela, junte o suco e a raspa de limão e ligue o fogo baixo.
  • Mexa sempre por cerca de 30 minutos, ou até começar a ver o fundo da panela.
  • Passe a mistura em uma peneira para retirar todas as sementes e as cascas das frutas.
  • Guarde em potes de vidro quando esfriar.

Benefícios da Pitanga Para a Saúde

Além de ser uma fruta bem gostosa, a pitanga também é fonte de muitos nutrientes, como proteínas, gorduras, ferro, fósforo, vitaminas A, C e do complexo B, cálcio, sódio, magnésio e potássio, por exemplo. E é importante frisar que, quanto mais madura estiver, maior será a sua concentração de vitamina C.

Veja abaixo os principais benefícios que a pitanga oferece para a nossa saúde:

  • Atua no controle do diabetes: a pitanga possui antocianinas, que ajudam a aumentar a quantidade de insulina no organismo. E isso pode contribuir para o controle dos níveis de açúcar no sangue, amenizando os sintomas do diabetes.
  • Ajuda a combater o câncer: os antioxidantes da pitanga atuam no combate aos radicais livres, que causam danos às células do corpo e favorecem o surgimento de câncer. E a fruta também contém vitamina C, que também ajuda a diminuir os riscos de câncer na boca, nos pulmões, no esôfago, no reto e também nas cordas vocais.
  • Ajuda na pressão arterial: a pitanga contribui para manter o fluxo sanguíneo normalizado, prevenindo a pressão alta, e outros problemas como AVC (Acidente Vascular Cerebral), ataque cardíaco e insuficiência cardíaca, por exemplo.
  • Fortalece o sistema imunológico: mais um benefício, principalmente, da vitamina C e de outros antioxidantes presentes na pitanga. Eles ajudam a fortalecer o sistema imunológico e a prevenir o surgimento de várias doenças. A vitamina C atua no organismo contribuindo para a produção dos anticorpos, combatendo os microrganismos capazes de provocar doenças.
  • Previne o envelhecimento precoce: outro importante benefício dos antioxidantes da pitanga. Eles combatem os radicais livres, que causam o envelhecimento precoce das células do nosso corpo. Além disso, a ação dos antioxidantes também contribui para manter a pele bonita e saudável.
  • Contribui para o bom funcionamento dos pulmões: uma pesquisa mostrou que pacientes com dispneia apresentaram uma melhora em suas funções pulmonares por causa do cineol presente na pitanga. Essa mesma pesquisa também identificou que o cineol possui efeito anti-inflamatório, e atua de forma direta na diminuição da inflamação na membrana mucosa, melhorando a respiração de pacientes.
  • Ação anti-inflamatória: como mencionamos mais acima, a pitanga ajuda a melhorar a respiração e contribui para o bom funcionamento dos pulmões também. A fruta possui antioxidantes em sua composição, que atuam no combate às inflamações. Isso se deve, principalmente, ao cineol presente nas frutas e nas folhas da pitangueira, que contém ação anti-inflamatória. Essa ação é tão forte, que é capaz de amenizar até mesmo os sintomas de problemas inflamatórios, como a artrite e a gota, por exemplo.
  • Dá mais energia: e esse benefício é atribuído às vitaminas do complexo B presentes na fruta. Além de dar mais energia, essas vitaminas também são importantes para outras funções metabólicas e para a saúde como um todo, e ajudam até mesmo no sistema nervoso.
  • Melhora a qualidade do sono: na pitanga, também está presente um hormônio chamado melatonina. O corpo o produz naturalmente. E ele contribui para um sono tranquilo. As pessoas com problemas de insônia podem não produzir melatonina suficiente. Por isso, é importante que elas consumam alimentos que contenham esse hormônio, como é o caso da pitanga, por exemplo.
  • É boa para saúde da pele e dos cabelos: a pitanga é rica em vitaminas A e C, que são muito benéficas para a saúde da pele, combatendo espinhas, acne psoríase e o envelhecimento precoce da pele. A vitamina A contribui para o fortalecimento das membranas mucosas e dos tecidos epiteliais. Ela também ajuda a suavizar as rugas e contribui para o fluxo sanguíneo.

E ainda, devido às suas propriedades antissépticas, a vitamina A também ajuda a combater feridas, infecções bacterianas e demais problemas de pele. E, para os cabelos, a vitamina A também é fundamental, ajudando nas células capilares, no crescimento saudável dos fios, diminuindo as pontas duplas e hidratando.

A vitamina C é fundamental para estimular a produção do colágeno, que garante uma renovação natural da nossa pele. Além de ser um importante antioxidante, que combate os radicais livres e previne o envelhecimento precoce da pele e das células do nosso corpo.

  • É bom para a saúde gastrointestinal: a pitanga também tem propriedades antissépticas e adstringentes, que ajudam aliviar problemas gastrointestinais e desconfortos. Alguns problemas que essa fruta trata são diarreia e feridas no intestino, por exemplo.

Agora que você já aprendeu as melhores receitas de geleia de pitanga, é só aproveitar todo o sabor e benefícios que fruta oferece.

Você ama Geleia?

Receba os melhores conteúdos sobre geleia diretamente em seu e-mail.

Você ama Geleia?

Receba os melhores conteúdos sobre geleia diretamente em seu e-mail.

Últimos Posts