Vale a Pena Vender Geleia Gourmet?

Vale a Pena Vender Geleia Gourmet

A produção de geleia tem sido uma ótima alternativa de investimento. E, nos últimos tempos, o que está cada vez mais em alta é a geleia gourmet. Mas você sabe o que é, como fazer e se vale a pena vender geleia gourmet?

Continue lendo que daremos todos as informações sobre a geleia gourmet, para você que pretende investir em um negócio próprio, mas ainda está em dúvida. Continue lendo…

O Que é Geleia Gourmet?

Antes de sabermos se vale a pena vender geleia gourmet, vamos entender o que esse termo significa. Ele te sido muito usado hoje em dia e está cada vez mais comum.

A palavra gourmet é usada para se referir a produtos mais elaborados, que sejam capazes de atender ao paladar dos consumidores que prezam por produtos de qualidade, e com uma apresentação mais elaborada também. Tudo cuidadosamente pensado.

Um produto gourmet é quase uma obra de arte. São produtos mais elaborados e, por conta disso, também são mais caros.

E as geleias gourmet se tornaram verdadeiras febres. Feitas dos mais variados sabores e combinações que a gente possa imaginar, elas conquistaram o paladar até mesmo de quem é mais exigente.

E não é para menos. Feitas a partir de ingredientes naturais e cuidadosamente selecionados, as geleias gourmet ficam muito simplesmente irresistíveis!

Vale a Pena Vender Geleia Gourmet?

Essa é uma pergunta comum, principalmente por quem pensa em investir no ramo. E a resposta é: depende. Isso mesmo! Ter sucesso no negócio de geleias não depende somente de produzir o doce. Alguns outros fatores são de extrema importância não só nesse ramo, mas em qualquer tipo de negócio.

Por isso, para te ajudar a começar certo e a fazer valer a pena vender geleia gourmet, listamos abaixo algumas dicas bem interessantes, e que farão toda a diferença no sucesso do seu negócio. Confira!

1 – Analisar a viabilidade do negócio: é por isso que realizar um plano de negócio é tão necessário. Antes de começar qualquer negócio, é fundamental elaborar um plano de negócios. Ele é uma espécie de direcionamento.

Ao final do plano, você terá mais certeza da viabilidade do negócio de geleia gourmet, pois todos os pontos são abordados e devidamente analisados, como o investimento inicial necessário, o mercado consumidor, os concorrentes, fornecedores, legislação, instalações, equipamentos e utensílios, e tudo que envolve o negócio.

2 – Se especializar na área: ainda que você tenha aquela receita caseira maravilhosa de geleia de frutas, ela não será suficiente para oferecer tudo o que o consumidor espera. Hoje em dia, todos os mercados estão muito concorridos. Por isso, é fundamental estar sempre se aperfeiçoando e se atualizando, para não deixar de satisfazer o cliente e não perder mercado.

Especialmente em se tratando de geleias gourmet, que são produtos feitos de forma tão cuidadosa. Geralmente, a produção é bem artesanal. Mas, ainda assim, ela deve seguir vários padrões para manter a qualidade e a higiene necessários.

Existem vários cursos na área que podem ser muito úteis. Se você quer ter sucesso no ramo de geleias gourmet, então vai precisar oferecer cada vez mais produtos de qualidade. O ideal é que, ao iniciar o seu negócio, você tenha o mínimo de conhecimento necessário, não só sobre a produção em si de geleia, como também de gestão.

3 – Qualidade das frutas: a geleia é produzida a partir de frutas, principalmente. E para ter um bom produto final, o mínimo necessário é ter uma matéria-prima de qualidade.

Na hora de buscar fornecedores, procure por aqueles que sejam capazes de manter sempre o mesmo padrão de qualidade das frutas, que manuseiam os produtos da forma correta, e que entreguem sempre no prazo.

Ter bons fornecedores de matéria-prima faz toda a diferença em qualquer ramo de atividade. E não seria diferente no caso de geleias gourmet.

4 – Equipamentos e utensílios adequados: ainda que você opte por começar a produção de geleias gourmet em sua própria casa, é necessário investir em alguns equipamentos e utensílios. Alguns exemplos são: bancada, panelas grossas e grandes, tachos, freezer, talheres, liquidificador e processador de alimentos, fogão, prateleiras, embalagens, armários, e etc.

Esses são apenas alguns exemplos do que é preciso para começar a produção de geleias. À medida com que o negócio for crescendo, mais utensílios poderão ser necessários.

5 – Diferencial: outro ponto muito importante, principalmente para quem está começando um negócio novo, é oferecer um diferencial para atrair os consumidores. Não que esse item não seja importante depois de se consolidar no mercado, mas é que, para incentivar o público a experimentar o seu produto pela primeira vez, você precisa oferecer algo a mais, algo que o seu concorrente não tenha, como um sabor totalmente diferente, por exemplo.

6 – Embalagens: é muito importante tomar cuidado com a embalagem usada para armazenar a geleia gourmet. As embalagens ideias são os potes de vidro esterilizados. Eles não contaminam o alimento e não liberam nenhum tipo de resíduo ou cheiro. São os recipientes mais indicados. Assim que a geleia ficar pronta, ela deve ser colocada no pote de vidro ainda quente, para não perder o brilho.

7 – Ter a mente aberta e ser dinâmico: o empreendedor deve ter a mente aberta às novidades que não param de surgir. Os concorrentes estão, o tempo todo, buscando novas maneiras de satisfazer o cliente. Não é você quem decide se o produto é bom ou não, se o sabor vai agradar o paladar dos consumidores. São eles que decidem. Por isso, faça o que o seu cliente quer.

Ofereça o que ele está procurando e um pouco mais sempre. Busque sempre novas ideias e inovações. Um ponto muito importante, e que o empreendedor deve se atentar, é aceitar a opinião de outras pessoas. Quem está de fora do negócio, ou até mesmo um funcionário, pode ter uma visão clara de algo que você não conseguiu ver ainda.

Esteja aberto às ideias e às mudanças, elas são fundamentais para que o seu negócio de geleias gourmet consiga acompanhar a dinâmica do mercado.

8 – Comece com menos investimento: um erro muito comum no início do negócio é já querer começar com um investimento elevado, comprando equipamentos caros, que muitas vezes nem são necessários no começo, alugando um espaço enorme, contratando muita gente, comprando móveis caros, investindo em uma infraestrutura caríssima sem a menor necessidade. Muitas pessoas pensam que isso é o que irá atrair os clientes.

É importante entender que a qualidade do produto é o mais importante para o consumidor. Além do mais, começar pequeno, com um investimento modesto, reduz os riscos de prejuízos. Quanto menor o investimento, mais tranquilo você trabalhará, pois não irá pressionar a si mesmo para recuperar o valor do investimento.

9 – Acredite no seu potencial: todo empreendedor precisa ter autoestima e confiança em si mesmo quando decide investir em um negócio próprio. Inclusive, esse é um dos pontos que ajudam a empresa a ter sucesso: o grau de confiança do empresário no seu próprio potencial.

Também é importante saber que os problemas e obstáculos virão, mas que eles podem ser superados e até servirem de aprendizado.

O mercado de geleias gourmet no país sofreu um enorme avanço nos últimos tempos. E algo que contribuiu muito para isso foi o fato de o consumidor ter acesso a mais um meio de compra, que é a internet.

Com isso, o consumo de geleias e de doces em geral sofreu uma verdadeira revolução. E a confiança do consumidor com esse tipo de fornecimento também se fortaleceu muito.

Essas são apenas algumas dicas que te ajudarão a ter sucesso no ramo de geleias gourmet.

Você ama Geleia?

Receba os melhores conteúdos sobre geleia diretamente em seu e-mail.

Você ama Geleia?

Receba os melhores conteúdos sobre geleia diretamente em seu e-mail.

Últimos Posts